Acontece

Eventos

Psicologia do Integrado discute violência contra a mulher

Seminário contou com discussões e apresentou resultados de ações desenvolvidas pelos acadêmicos

Centro Universitário Integrado

publicado em 21/03/2018 11h28 | atualizado em 21/03/2018 11h54

Os acadêmicos do curso de Psicologia do Centro Universitário Integrado realizaram, nessa terça-feira (20), uma roda de debates para discutir o enfrentamento à violência contra as mulheres. No mês de março, dedicado a homenagear as mulheres, os estudantes do 9º período desenvolveram diversas atividades e ações práticas, que tiveram os resultados apresentados durante o Seminário conduzido pelos próprios acadêmicos.

De acordo com a professora responsável pelo projeto, Daniele Fébole, a importância do tema para a psicologia é essencial, já que os profissionais lidam com o tema da violência diariamente no trabalho. "Para nós, profissionais e futuros profissionais, é importante compreender que a violência contra a mulher é estrutural e reproduzida. Devemos ajudar elas a entenderem que a culpa não é da mulher, que não está sozinha, para que ela possa romper o ciclo de violência", explica Daniele.

Os próprios acadêmicos sugeriram os tipos de abordagem e ações que seriam desenvolvidas durante o mês e apresentaram os resultados na roda de debates. Os estudantes também fizeram uma homenagem à vereadora carioca Marielle Franco, assassinada no dia 14 de março, no Rio de Janeiro. "O tema já vinha sendo discutido em sala de aula quando ocorreu a morte da Marielle, por isso, os próprios alunos quiseram prestar essa homenagem. A ideia é entender que essas mulheres que passam por esse tipo de violência têm cor, cara, nome e vida, e que essas vidas estão sendo ceifadas diariamente", comenta Daniele.